Sem categoria

Comprar calcinha de algodão é a melhor opção?

Comprar calcinha de algodão é a melhor opção?

Toda mulher escuta em algum momento da vida que comprar calcinha de algodão é a melhor opção. Às vezes a recomendação vem em uma consulta com o ginecologista. Em outras, acontece durante um bate-papo entre amigas. E claro, não podemos esquecer dos conselhos (ou dos presentes!) de mãe, avós, tias e afins.

Ainda que a maioria de nós saiba disso, nem sempre essa informação é lembrada na hora de comprar roupa íntima. Na maioria dos casos, o charme e a beleza das cores e das modelagens, entre outros detalhes, têm mais peso na decisão que qualquer outra variável.

Cá entre nós, você pensa na composição do material quando sai para comprar calcinha? Ou vai buscando de arara em arara quais são os modelos que combinam mais com o seu estilo e com as suas intenções? Provavelmente é a segunda opção, não é?

Só que a compra de uma lingerie deve ir além de uma simples ocasião. Principalmente quando se fala em calcinha! Ela tem um papel fundamental na manutenção da nossa saúde íntima. Quer saber se comprar calcinha de algodão é realmente a melhor opção? Então continue lendo esse post!

Comprar calcinha de algodão traz benefícios? Quais?

Por mais que a maior parte do público feminino saiba que comprar calcinha de algodão é uma boa escolha, nem todas as mulheres sabem exatamente o porquê.

Ou seja, quais são os benefícios que a lingerie de algodão é capaz de oferecer para o nosso organismo? Se você também não sabe ao certo qual é a vantagem do algodão em comparação a outros tecidos, não tem problema.

A seguir, organizamos em uma lista os principais pontos que fazem da calcinha de algodão a melhor opção nas lojas de roupa íntima. Veja só!

  • Oferece melhor absorção de fluídos naturais

Assim como outras partes do nosso corpo, a região íntima sofre com a transpiração. O algodão, diferentemente dos tecidos sintéticos, permite que essas secreções ou fluídos sejam absorvidos com mais facilidade.

Vale dizer que, além de transpirar ao longo do dia, essa é uma área que vive abafada, não só pela roupa íntima, mas também pelas peças que escolhemos vestir por cima dela. Sem dúvida, um prato cheio para fungos e bactérias!

  • Permite a respiração da região íntima

Combinada à umidade excessiva, a falta de ventilação cria um ambiente muito propício ao desenvolvimento de doenças causadas por bactérias e fungos. É por isso que ter um tecido respirável é tão importante!

Pode notar que, quando algo não vai bem com a sua saúde íntima, uma das principais orientações médicas é não utilizar lingerie ou optar pelos modelos confeccionados em algodão.

  • Não provoca alergias como o material sintético

O algodão é uma fibra natural que apresenta menor risco de provocar alergias que os materiais sintéticos. Essas reclamações, inclusive, são comuns entre as mulheres, já que a área genital é extremamente sensível e delicada.

Por ser um tecido de toque leve e macio, a malha de algodão evita que irritações sejam causadas pelo atrito do material com a pele. Dessa forma, ele previne o aparecimento de coceiras e, consequentemente, de lesões na região.

  • É a opção mais confortável para o dia a dia

Com a correria do dia a dia, praticidade e conforto são palavras de ordem para qualquer mulher. Quantas tarefas diárias você precisa cumprir até poder enfim descansar? Nós sabemos que as jornadas múltiplas não são fáceis.

Vamos combinar que uma lingerie incômoda é tudo o que não precisamos quando temos muitas coisas para resolver. O toque das calcinhas de algodão oferece suavidade e maciez, sendo perfeito para as atividades rotineiras.

A melhor parte de tudo isso é que é perfeitamente possível aliar modelagens bonitas e modernas ao conforto e ao bem-estar que o algodão promete. Do sensual fio dental ao recorte clássico, o mercado dispõe de uma série de modelos atualmente. Tudo para que você se sinta totalmente satisfeita ao comprar calcinha de algodão!

Cuidados com a calcinha de algodão

Apesar de ser um material mais resistente que os sintéticos, as calcinhas de algodão precisam de cuidados especiais, como qualquer outra lingerie. Assim, se você souber cuidar corretamente das suas peças, elas terão uma durabilidade ainda maior.

  • Utilize um sabão sem cor e sem cheiro na hora da lavagem

Outros tipos de sabão são capazes de desencadear reações alérgicas devido aos componentes que possuem e você pode pensar que é do material da lingerie.

  • Evite usar amaciante

Assim como determinados tipos de sabão, esse produto contém corantes e perfumes capazes de irritar a área íntima, principalmente as de pele mais sensível, causando alergias bem incômodas.

  • Usou os produtos certos, mas a irritação continua lá?

Se a sua calcinha de algodão for colorida, tente trocar por uma branca. É possível que tintura utilizada no processo de tingimento esteja causando essa reação no seu corpo.

É importante lembrar que, apesar de não ser um tecido tão frágil quanto uma renda ou um tule, também não é recomendável lavar a sua calcinha de algodão na máquina de lavar. O ideal é lavar a peça à mão sempre que possível e evitar os raios solares diretos na hora de colocá-la para secar.

Pronta para comprar a sua calcinha de algodão?

Faz tempo que a calcinha de algodão abandonou o posto de “roupa íntima de vovó”. Agora ela é sinônimo de saúde, beleza, qualidade e conforto. Com certeza não faltam mais motivos para se render de vez ao modelo.

A tecnologia evoluiu, novas tendências surgiram e o design dessas peças também se modernizou, despertando o desejo de mulheres que antes torciam o nariz para peças de fibras naturais. Isso porque a variedade atual é enorme!

É claro que nada impede que você tenha exemplares de material sintético na sua coleção de lingerie. No entanto, tente deixá-los para as ocasiões mais especiais.

Tanto para usar no dia a dia, quanto na hora de dormir, dê preferência às calcinhas feitas em algodão, combinado? Se você já tem o hábito de comprar calcinha de algodão, conta aqui nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *